Centro: 11 2409-0141 | Pres. Dutra: 11 2432-3511 | Pimentas: 11 2496-7544 | Taboão: 11 4574-0768

5 coisas que você NÃO deve fazer em uma entrevista de emprego

entrevista de emprego

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e os recrutadores das empresas estão cada vez mais exigentes quanto às experiências, qualificações e habilidades dos candidatos às vagas. Entretanto, não são apenas as potencialidades profissionais dos candidatos que são avaliadas no momento de uma entrevista de emprego.

Aspectos como postura, comprometimento com a empresa, capacidade de comunicar-se com eloquência, veracidade das informações contidas no currículo, profissionalismo e contato visual são apenas algumas das características que os entrevistadores analisam com minucía em cada candidato.

Continue lendo para saber o que NÃO fazer em uma entrevista de emprego.

1. Chegar atrasado

Chegar atrasado em uma entrevista de emprego pode ser o pior erro que você pode cometer. Pois, segundo uma massiva parte dos entrevistadores, recrutadores e especialistas em seleção, um dos aspectos mais observados em uma entrevista de emprego é o comprometimento e profissionalismo.

Ao chegar atrasado para sua entrevista de emprego, antes mesmo de começar a trabalhar você já está demonstrando total falta de seriedade, profissionalismo e comprometimento com a empresa.

Para evitar esta terrível gafe, procure o local onde você será entrevistado e se possível faça seu trajeto com antecedência. Seja de carro, ônibus, metrô, táxi ou Uber, saiba quanto tempo leva para você chegar no local ao sair de casa para que não haja nenhuma possibilidade de atraso.

Trace o trajeto por meio de recursos tecnológicos como o Google Maps ou o aplicativo mobile Mapas. Hoje em dia não existem mais desculpas para não encontrarmos um endereço.

2. Ter má postura corporal

O recrutador tem a função de analisar todos os aspectos que julga relevantes para dar a vaga a um candidato. Considerando que ele não conhece os candidatos, é preciso ser minucioso e se atentar aos detalhes. Uma das formas de avaliar os candidatos é por meio de sua postura corporal.

Lembre-se: má postura corporal pode transmitir a impressão de baixa autoestima, insegurança e inexperiência. Portanto, sente-se com a coluna ereta, não cruze as pernas constantemente e evite gesticular com os braços e mãos o tempo inteiro.

Dica extra: Sua forma de se vestir e sua aparência também são avaliadas como parte de sua postura. Por exemplo, se você aparecer de bermuda e chinelo em uma entrevista para uma vaga em um escritório de contabilidade, será evidente que sua linha de raciocínio está desalinhada com os valores da empresa e o perfil da vaga. Além disso, vá com o cabelo arrumado, barba feita e com a higiene pessoal impecável.

3. Evitar contato visual

Ainda considerando a questão da postura, o contato visual é muito importante e pode revelar uma série de características profundas sobre a personalidade das pessoas. Por isso, é muito importante manter contato visual com o recrutador o tempo inteiro.

Evitar olhar as pessoas nos olhos pode transmitir uma série de ideias negativas sobre você, por exemplo:

  • falta de interesse
  • falta de comprometimento
  • indício de que você está mentindo
  • timidez exagerada (do tipo que pode prejudicar sua função no cargo)
  • insegurança
  • arrogância

Tais ideias podem desclassificar até mesmo um candidato com muita experiência na área e um ótimo currículo profissional.

4. Mentir

Os anos avançam, o mercado de trabalho se reinventa mas sempre existirão pessoas que tentam mentir no currículo e na entrevista de emprego apesar disso raramente funcionar.

Esta “estratégia”, além de ser desonesta, pode acabar com sua carreira profissional. Pois a famosa “aumentadinha” nas habilidades do seu currículo podem facilmente ser desmascaradas se você for entrevistado por um recrutador experiente. Existem técnicas básicas para pegar um mentiroso em contradição e se isso acontecer e o recrutador descobrir, seu nome pode entrar na “lista negra” e você pode ter dificuldades para conseguir empregos até mesmo em outras empresas do setor.

Tenha a verdade como parâmetro. Se seu inglês não é avançado, não preencha o currículo dizendo que você é fluente. Se você não concluiu um determinado curso, destaque que ele está incompleto ou evite preencher esta informação. E assim por diante.

Se sua mentira funcionar, a situação pode se tornar ainda mais insustentável depois que você estiver contratado e seu chefe descobrir que você não tem os atributos que mencionou na entrevista.

5. Comunicar-se de modo inadequado

Recrutadores avaliam a forma como os candidatos se expressam. Dificuldades para se expressar, falta de eloquência, informalidade exagerada, uso de gírias, palavrões e expressões inadequadas são algumas gafes que podem eliminar um candidato nos primeiros minutos da entrevista.

Seja direto, evite falar demais para parecer inteligente pois isso pode acabar se voltando contra você. Fale apenas o que for pertinente ao assunto, mantenha a calma e procure falar devagar para que sua pronúncia seja perfeita e o avaliador veja que sua capacidade de comunicação pode ser útil para a empresa.

Ainda tem alguma dúvida sobre o que não fazer em uma entrevista de emprego? Então deixe o seu comentário para que possamos ajudar!

Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados