Centro: 11 2409-0141 | Pres. Dutra: 11 2432-3511 | Pimentas: 11 2496-7544 | Taboão: 11 4574-0768

5 dicas para ter um perfil de sucesso no Linkedin

linkedin

As pessoas habituaram-se a usar as redes sociais para tratar de todo o tipo de assunto, não é verdade? Até mesmo assuntos profissionais são discutidos por meio destas ferramentas que inicialmente foram desenvolvidas com o intuito de conectar e entreter pessoas dos mais variados cantos do mundo.

Entretanto, uma rede social foi desenvolvida para que assuntos como mercado de trabalho, qualificações profissionais, carreira e mundo dos negócios pudessem ser tratados com a devida seriedade. Estamos nos referindo ao Linkedin. O Linkedin mesclou o potencial de networking das redes sociais com as características de uma plataforma de procura e oferta de empregos.

Todos os dias milhões de empresas e profissionais dos mais variados setores comerciais trocam informações, divulgam vagas de emprego e aprimoram seus perfis por meio da rede social de cunho empresarial mais famosa do mundo. Considerando que este é um ambiente onde o usuário precisa se destacar por suas habilidades profissionais, no artigo de hoje listamos algumas dicas úteis para você criar um perfil de sucesso no Linkedin.

Continue a leitura para conferir!

1. Utilize uma foto adequada no perfil

Como você conferiu na introdução do artigo o Linkedin pode ter “cara” de rede social, mas os assuntos tratados neste ambiente são expressamente profissionais. Portanto, considere-o como a versão digital e interativa de seu currículo.

A escolha da foto é muito importante, pois é por meio dela que seus possíveis recrutadores terão sua primeira impressão sobre você. Por isso, evite fotos que enquadrem mais pessoas, principalmente fotos tiradas em baladas, bares ou eventos sociais.

Em hipótese alguma utilize fotos que expressem mensagens negativas sobre sua imagem. Procure usar uma roupa adequada ao perfil das empresas em que você está tentando conseguir emprego. Se possível, vista-se como se você fosse encontrar com seu entrevistador. É importante dar uma atenção especial para a aparência física também (corte de cabelo, barba, etc).

Vale ressaltar que perfis com foto são 14 vezes mais vistos.

2. Defina bem sua profissão

O Linkedin funciona de forma semelhante aos mecanismos de buscas. Isso significa que recrutadores e empresas procuram por candidatos assim como você faz uma busca no Google. Os melhores resultados de acordo com as palavras-chave que você utilizou serão os primeiros a serem exibidos.

Por isso, no campo de sua profissão, preencha da forma como você sabe que as empresas buscarão por novos candidatos. Seja claro, escreva corretamente, não exagere e não minta!

3. Faça uma boa definição sobre suas pretensões profissionais

Não há um espaço tão específico para que você defina seu perfil profissional em currículos comuns, não é mesmo? A vantagem do Linkedin em relação a este aspecto é que ele ainda é uma rede social;lembra-se do que dissemos no começo do artigo? Portanto, capriche em sua descrição profissional.

Seja sincero, coeso e objetivo. A escrita deve ser impecável, pois os recrutadores utilizarão o que você escrever como forma de pré-avaliá-lo. Caso tenha dúvidas, peça para amigos o ajudarem revisando seu texto. Não seja demasiadamente ambicioso ou humilde, o equilíbrio é a chave do sucesso.

Outra dica importante: faça um texto “escaneável” aos olhos do leitor. Ou seja, evite fazer parágrafos longos e só escreva o que realmente for necessário. Evite palavras difíceis para tentar demonstrar inteligência e procure utilizar o dicionário de sinônimos para que seu texto não tenha redundâncias e a leitura seja fluida.

4. Personalize a URL de seu perfil

Conforme já explicamos, o Linkedin utiliza parâmetros de busca semelhantes ao dos mecanismos de buscas. Pois bem, um dos princípios de SEO nos orienta a utilizar a URL das páginas como um recurso de otimização.

Se você não personalizar a URL de seu perfil no Linkedin, certamente, nela constará uma sequência de números e letras “sem sentido”. Vá em configurações e substitua as informações colocando seu nome e sobrenome para que você possa ser encontrado pelo Google com mais facilidade.

5. Evite deixar seu perfil “abandonado”

As pessoas estão tão acostumadas com a movimentação das redes sociais em que notícias e publicações são constantes que acabam confundindo as coisas quando acessam o Linkedin. Por isso é comum que muitos acabem esquecendo de acessar seu perfil por semanas ou até meses.

É importante mantê-lo sempre atualizado, portanto, altere suas informações, adicione cursos, novas experiências profissionais, entre outras informações. O ideal é que ele não pareça abandonado aos olhos dos recrutadores.

E então? Você tem alguma experiência interessante com o Linkedin que queira compartilhar conosco? Alguma dica útil? Deixe seu comentário!

Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados