Centro: 11 2409-0141 | Pres. Dutra: 11 2432-3511 | Pimentas: 11 2496-7544 | Taboão: 11 4574-0768

Entenda o valor da criatividade no ambiente de trabalho

criatividade-no-trabalho

Em praticamente todas as esferas corporativas, encontra-se a necessidade de mais criatividade. As novas formas de consumir mudaram a indústria e o mercado e se manter no topo da corrida competitiva depende da inovação, especialmente no ambiente de trabalho.

Ser criativo se tornou um asset ou uma requisição. Cada vez mais, gestores e recrutadores buscam por profissionais que demonstrem potencial criativo, independente da função, da escolaridade e da idade.

O motivo é simples: Profissionais criativos melhoram a qualidade do trabalho.

Seja no campo operacional ou estratégico, são esses os responsáveis por criar soluções que verdadeiramente sanem as necessidades da empresa — e claro, dos seus clientes.

No entanto, tornar-se um profissional criativo não depende apenas das suas habilidades artísticas, como muito se pensa. Na realidade atual, ser um criativo no trabalho está relacionado à tomada de decisões e ao pensamento estratégico.

É preciso encontrar soluções inovadoras e resolver problemas. A otimização de recursos e a agilidade fazem parte do pacote.

Esse conjunto de habilidades garante ao profissional muito mais que a gratidão da chefia e dos colegas.

Na verdade, o criativo é alguém que geralmente é colocado em posições de liderança, pois utiliza do seu potencial para guiar toda uma equipe. Além disso, é alguém capacitado por ter uma melhor inteligência emocional.

Dessa forma, ajuda a empresa e aos colegas a crescerem, instaurando uma cultura organizacional de inovação e desenvolvimento.

Quer saber mais sobre como desenvolver e manter a criatividade no seu trabalho? Confira as dicas!

Criativo no Trabalho: 5 dicas para desenvolver uma mentalidade inovadora

O bom da criatividade é que ela não é um talento que nasce com as pessoas. Na verdade, é uma habilidade que deve ser estimulada e desenvolvida. Ou seja, qualquer um tem potencial de se tornar um profissional mais criativo.

O que conta é a forma com que você busca isso para sua carreira. Mindset, estudos e coragem são necessários. Entenda mais!

1# Curiosidade é a primeira característica de um criativo

Novas experiências moldam uma pessoa verdadeiramente criativa.

Afinal, são elas que criam as pontes para que você desenvolva soluções inovadoras para todos os tipos de problemas, sejam elas relacionadas ou não ao trabalho.

Viajar é uma das melhores alternativas! Conhecer pessoas novas, que executem seu trabalho com excelência, também podem ser essenciais.

Por isso, busque sempre conversar com elas e cercar-se de sua presença. Dessa forma, você começa a agregar atributos do seu grupo de colegas que podem ajudar a criar uma mentalidade mais criativa.

2# Construa um ambiente criativo no trabalho e fora dele

Comunicação é a chave. A criatividade é uma onda que deve atingir a todos do seu setor ou grupo de trabalho.

Compartilhamento conhecimentos e incentivando um ambiente de trabalho criativo você dá espaço para o nascimento de novas ideias. Ou seja, novas soluções que ajudam a otimizar o trabalho, melhorando a produtividade e a eficiência das execuções.

3# Busque referências

A sua curiosidade deve estar alinhada com a busca constante por referências. Hoje em dia, é possível encontrar estudos de casos perfeitos sobre criatividade, além de ter qualquer resposta em segundos.

Isso porque, ainda hoje, muita gente desconhece o potencial do Google de ajudar a solucionar problemas simples e otimizar tarefas que, de outra forma, podem ser difíceis.

O estudo é essencial, independente do formato!

Leia livros, ouça músicas, veja filmes e séries diferentes do normal. Lembra que falamos de experiências? Tudo isso contém uma ótima pílula de experiência que você pode absorver, dando mais contornos a sua própria criatividade.

Uma dica da Microlins: veja a série “Abstract”, da Netflix. Nela, profissionais de destaque (arquitetos, designers, etc) contam sobre seu dia a dia, suas carreiras e seus processos criativos!

4# Pense em soluções eficazes para problemas existentes

Repetir as execuções não leva você a lugar nenhum. É assumir que você busca pelos mesmos resultados, sempre. E isso um profissional criativo não faz.

Por isso, é importante sempre estar ativo para encontrar soluções inovadoras para os problemas, mesmo aqueles que já existem (e que já parecem ter sido solucionados!).

Novas saídas para antigos problemas podem se revelar uma mina de ouro. Ou seja, uma forma de economizar ou melhorar um processo, conquistando melhores resultados!

O processo ideal para tal é realizar um brainstorm de ideias, anotando todas que surgirem. Então, em uma etapa mais centrada e racional, ir analisando as possibilidades e entendendo qual solução melhor se molda à questão central!

Isso é uma mostra de habilidade e, acima de tudo, de pró-atividade!

5# Qualifique-se com ensino de qualidade

Por fim, a escada para a criatividade mora também na conquista de melhores conhecimentos — especialmente os técnicos. Afinal, a inovação só acontece quando você compreende seu setor de trabalho, de cabo à rabo.

Para isso, o ideal é buscar um curso de qualificação de excelência.

A Microlins tem as melhores opções. Sua grade de conteúdos é feita especialmente para aguçar as habilidades dos alunos. Dessa forma, o desenvolvimento é tanto teórico como prático — o que é incrível para quem busca se destacar no mercado!

Além disso, o método de ensino próprio da instituição, o Dinâmica, permite que você estude onde, quanto e quando quiser. Assim, não prejudica seus compromissos pessoais e foca o tempo que acha necessário para resolver as atividades e se dedicar aos estudos!

Quer conhecer mais? Confira nossos cursos! E você, como se mantém criativo no ambiente de trabalho? Compartilhe suas experiências com a gente!

Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados