Centro: 11 2409-0141 | Pres. Dutra: 11 2432-3511 | Pimentas: 11 2496-7544 | Taboão: 11 4574-0768

Inteligência emocional: o que é e como desenvolvê-la no trabalho

inteligencia emocional

Dentro do ambiente profissional, as emoções costumam ser mais afloradas em situações de crises, divergências e instabilidades. Neste cenário, profissionais emocionalmente inteligentes são ainda mais importantes, pois eles sabem quando falar e quando se calar. Assim, não se trata de superar ou ignorar as emoções e sentimentos, mas sim saber administrá-las a seu favor e também em prol da equipe.

Separamos a seguir alguns pontos importantes para que você possa aprender a criar a sua inteligência emocional para tomar decisões mais eficazes durante a sua carreira profissional. Confira!

O que é Inteligência emocional?

Inteligência emocional (IE) é a capacidade que as pessoas têm de identificar, perceber e nomear seus sentimentos, sendo capazes de utilizá-los de maneira positiva para evitar situações de estresse, conflitos, para se comunicar de maneira eficaz e ser empático com outras pessoas.

Ter uma inteligência emocional possibilita entender melhor o seu próprio estado emocional, bem como reconhecer o estado das pessoas ao seu redor. Isso faz com que as pessoas se relacionem melhor, formando relacionamentos mais saudáveis e possibilitando assim, mais sucesso em sua vida pessoal e profissional.

Dicas para desenvolver a inteligência emocional

Agora que você já sabe o que é a inteligência emocional e como ela é importante no seu ambiente de trabalho, confira a seguir 5 dicas para desenvolvê-la corretamente (a 5ª é a mais difícil, mas é fundamental).

1. Conheça melhor suas emoções

O primeiro passo para desenvolver a sua IE é conhecer melhor e identificar quais são os gatilhos responsáveis por aflorar as suas emoções. Neste caso, quando alguma situação deixa você muito estressado, pare por um instante e busque entender o porquê deste sentimento.

Saber reconhecer o que você está sentindo e como isto pode afetar os seus pensamentos e comportamento, irá auxiliar no seu autoconhecimento e consequentemente no seu comportamento diante de qualquer situação no trabalho.

2. Tenha controle das emoções negativas

Um ponto muito importante quando se pretende desenvolver a inteligência emocional é saber gerir e controlar as emoções negativas, principalmente quando o assunto é ambiente de trabalho, afinal esse é um local onde os profissionais lidam constantemente com fatores como sobrecarga de trabalho, relacionamento com colegas, estresse, entre outros.

Neste cenário, é comum que emoções negativas fiquem afloradas, afetando o seu humor e consequentemente a sua produtividade no trabalho. E para controlar essas emoções, busque realizar atividades que lhe tragam prazer, como ouvir uma música, usar a hora do almoço para caminhar, conversar com uma pessoa querida, entre outros. O importante neste caso, é buscar maneiras de combater as emoções negativas antes que elas saiam do seu controle.

3. Saiba dizer não quando necessário

Colocar limites e dizer não quando necessário, irá contribuir para que momentos de estresse sejam evitados, além de favorecer as relações com os colegas de trabalho, que irão ter mais respeito com o seu trabalho e valorizarão o seu profissionalismo. Portanto, saiba expressar sentimentos difíceis quando necessário.

4. Desenvolva a empatia

A inteligência emocional também está ligada à habilidade de se relacionar com as pessoas. Neste caso, saber lidar com pessoas difíceis e diferentes é um dos grandes desafios para quem deseja desenvolver a sua IE.

Para esta dica recomendamos que você trabalhe suas habilidades de comunicação, saiba interagir com pessoas que são ou pensam diferente de você de modo a sempre respeitar as diferenças de cada um.

5. Peça feedbacks

Pedir feedbacks para outras pessoas é uma das melhores maneiras de se conhecer melhor, pois muitas vezes desconhecemos certas atitudes que podem ser ruins dentro do ambiente de trabalho. Saber o que as pessoas pensam sobre você ajudará a melhorar pontos que podem estar interferindo negativamente no ambiente à sua volta.

Sabemos que não é fácil, mas esteja aberto a ouvir o que seus colegas de trabalho têm a dizer sobre você e sobre os pontos que podem ser melhorados.

Sem dúvida, criar uma inteligência emocional é fundamental para saber enfrentar situações adversas no trabalho e na vida social. No mundo corporativo atual, ter a inteligência emocional é tão importante quanto ter as habilidades técnicas para desempenhar uma função. Portanto, nunca subestime os benefícios que você pode ter ao compreender suas próprias emoções.

Por fim, vale lembrar que a inteligência emocional é um processo contínuo e gradual da vida que deve ser desenvolvido ao longo dos anos com a prática e perseverança.

Gostou do post? Continue acompanhando mais dicas sobre desenvolvimento profissional em nosso blog!

Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados