Centro: 11 2409-0141 | Pres. Dutra: 11 2432-3511 | Pimentas: 11 2496-7544 | Taboão: 11 4574-0768

Piercings e tatuagens na entrevista: o que fazer?

tatuados-entrevista

Não são poucas as situações que podem prejudicar uma entrevista de emprego. A postura errada, a fala atrapalhada ou mesmo roupas inadequadas. Porém, ainda mais hoje em dia, vemos outro fator preocupando os jovens que se preparam para uma entrevistas: o que fazer em relação aos piercings e tatuagens?

Diferente de algumas décadas atrás, onde os adornos metálicos e os desenhos na pele eram raros — e bem rejeitados pelo mercado formal, hoje o cenário se inverteu.

As novas gerações, como millenials e geração Z, sentem-se muito mais livres para praticar seu estilo de vida com piercings e tatuagens aparentes.

No entanto, muitos deles não sabem como isso pode afetá-los em uma entrevista de emprego. Na verdade, piercings e tatuagens ainda podem prejudicar um candidato em uma disputa por emprego?

A verdade é que a rejeição diminuiu e é muito comum ver funcionários tatuados ou utilizando piercings no horário de trabalho.

Porém, algumas empresas com gestão mais conservadora podem ter normas mais rigorosas em relação aos adornos e tatuagens.

Então, como lidar com esses fatores em uma entrevista de emprego? É isso que vamos explicar nesse artigo, confira!

Piercings ou tatuagens em uma entrevista de emprego

Apesar dos tempos terem mudado e os funcionários terem mais liberdade de expressão, especialmente em ambientes onde uniformes não são necessários, ainda é preciso entender qual o nível de aceitação da empresa com piercings e tatuagens.

Antes de sua entrevista de emprego, procure seguir essas dicas:

Entenda a cultura organizacional da empresa

Antes de fazer a entrevista de emprego, procure saber sobre a cultura organizacional que impera na empresa.

Negócios com perfil mais conservador podem exigir critérios de apresentação mais rigorosos que outros. Muitas delas toleram tatuagens que podem ser cobertas, como aquelas em braços ou tornozelos, além de piercings simples, como os de orelhas.

No entanto, tatuagens nas mãos ou pescoço e piercings no rosto e nariz, podem ser um impeditivo para várias funções, especialmente àquelas que exigem maior interação com o público ou clientes, como um vendedor.

Não esconda suas tatuagens ou piercings

Se você se encontrar em uma situação promissora, e se vê na obrigação de comparecer à entrevista de emprego, ótimo!

No entanto, durante o papo com o recrutador, não deixe de mencionar que você possui tatuagens e usa piercings (isto é, no caso de não estar usando na hora).

É um ponto positivo para você, por ser sincero, e gera uma abertura para você entender mais sobre a cultura e preferências da empresa.

A aceitação varia conforme área e ou setor

Outro fator importante de lembrar é que a aceitação de suas tatuagens ou piercings varia conforme a área de atuação e mesmo de setor.

Comunicação, Marketing e TI (especialmente no back office) são mais abertos aos adornos e ao estilo dos funcionários. Mesmo hoje em dia não é difícil ver publicitários ou programadores com tatuagens e piercings desempenhando suas funções.

Já no caso dos setores, vai depender bastante. Em uma empresa de engenharia, por exemplo, a abertura para os adornos em projetistas é maior do que para o pessoal do comercial ou gerentes.

No mais, lembre-se que é preciso ser honesto com os recrutadores acerca de seu estilo, para que não haja surpresas após a contratação. No mais, procure entender a cultura da empresa antes de se candidatar à uma vaga ou realizar a entrevista de emprego.

Caso você se sinta confortável com essas condições (e aquelas impostas pela empresa), a chance de sucesso é grande!

Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados