Centro: 11 2409-0141 | Pres. Dutra: 11 2432-3511 | Pimentas: 11 2496-7544 | Taboão: 11 4574-0768

Preguiça X Atitude: a diferença que pode determinar o sucesso profissional

preg

Que o ingresso ao mercado de trabalho é difícil e concorrido todo mundo sabe. Mas não é apenas nisso que reside a dificuldade; depois que conseguimos aquela vaga tão aguardada, é hora de trabalhar para mantê-la. Dois comportamentos, que são opostos, podem dificultar ou facilitar a sua vida na empresa. Estamos falando da preguiça e da atitude. Muitas vezes deixamos para cumprir nossas obrigações ou realizar alguma tarefa que nos foi solicitada quando o prazo está quase se esgotando. Sim, e algumas vezes acabamos perdendo o prazo. Além disso, apenas cumprir nosso trabalho no piloto automático, sem dar a ele nenhum diferencial, também demonstra um certo tipo de preguiça e nada de atitude.

Naturalmente, mudar o comportamento não é tão simples. Enumeramos algumas ações que podem dar início à essa mudança.

Cumpra suas obrigações da forma correta

Parece óbvio, mas é fundamental complementar a dica acima com “cumpra suas obrigações no tempo que foi determinado”. Fazer corpo mole, também conhecido como procrastinar, é algo malvisto nas empresas. Fazer o trabalho com falhas também. O mínimo que se espera de um colaborador é que este desempenhe o papel pelo qual foi contratado. A não realização desse quesito é sinal ou de falta de conhecimento na função ou de preguiça. A diferença é que é possível ensinar alguém (capacitá-lo) que não tem plenos conhecimentos na área, porém é quase impossível fazer com que alguém deixe de ser preguiçoso.

Tenha, e mantenha, uma postura correta

Ver seus colegas procrastinando certamente deve irritá-lo. Ou talvez passe pela sua cabeça que não há problema em deixar as coisas pra lá, afinal, seus colegas deixam para fazer as tarefas na última hora. Mas pense bem: um tempinho de folga pode até auxiliar na boa execução dos trabalhos, afinal, é preciso descansar e estar com a mente leve para executar um bom trabalho, mas estender esse tempo demais é ruim. Não se sinta orgulhoso de estar trabalhando quando seus colegas estão conversando e deixando de trabalhar. Essa é sua obrigação, e arcar com as responsabilidades mostra caráter e objetividade, além de ser visto com uma boa atitude ao mesmo tempo que remove o selo de preguiça de suas costas, caso você o tenha.

Não sabe? Pergunte!

Muitos profissionais, de qualquer área e em qualquer momento da vida, ficam receosos de tirar dúvidas, já que isso pode ser interpretado como um sinal de despreparo e fraqueza. Na verdade, existem horas corretas para perguntar algo, assim como existem diferentes níveis de pergunta. Perguntas fáceis não devem ser realizadas para gerentes e outros profissionais em cargos elevados. Reserve para eles as perguntas difíceis e complexas. Marque um horário para isso se necessário, preparando-se com antecedência. Evite tirar dúvidas em reuniões cuja pauta não se relacione à sua dúvida, e evite também fazer perguntas em corredores. Claro, isso pode sofrer variações dependendo da sua relação com seus colegas.

banner-planejamento-carreira

Complemente as atividades que lhe forem atribuídas

Cuidado, este é um ponto perigoso. Isso não quer dizer que você necessariamente deve realizar tarefas extras, mas sim que capriche mais nas que precisa fazer. Tem uma apresentação para realizar? Imprima pequenos resumos e entregue a todos na reunião. Deve entregar um relatório? Referencie corretamente, e se for um documento eletrônico, insira os links.

Esses pequenos detalhes que facilitam a vida das pessoas e que estão diretamente relacionadas com suas atividades certamente fará você ganhar pontos de atitude.

As empresas encaram a preguiça e a atitude de formas diferentes. Enquanto a preguiça é um fator de eliminação (quer dizer, de demissão), a atitude é um fator de diferenciação para com os demais colegas. Dessa maneira, a atitude pode determinar se algum funcionário será promovido ou não.

Pense bem quando pedirem algum serviço ou projeto em seu trabalho. Seja meticuloso em seus projetos e tente visualizar todos os pontos onde ele pode ser melhorado. Isso tornará seus serviços melhores, você será mais bem-visto na empresa e ainda abrirá novas oportunidades.

E você, tem alguma dica para se destacar no primeiro emprego? Deixe um comentário.

Continue acessando nosso blog para saber mais sobre formação profissional e primeiro emprego.

Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados